O ditador, de Georges Bernanos

“O ditador não é um chefe. É uma emanação, uma criação das massas. É a Massa encarnada, a Massa no seu mais alto grau de maldade, no seu mais alto poder de destruição. Assim, o mundo irá, num ritmo sempre acelerado, da democracia à ditadura, e da ditadura à democracia, até o dia que…”

Georges Bernanos, La France contre les robots

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-spam device *