Flores do Mal

Em 30 de junho de 1845, Baudelaire escreveu uma carta de suicídio. Ele tinha apenas 24 anos. Tentativa infrutífera é verdade, mas aparentemente muito lucrativa. Já que acabam de leiloar a trágica carta por nada menos que 234 mil libras esterlinas [1] 

Na era pós-Poética, escondida a Palavra, desprezada a Beleza, o poeta só vale como personagem de folhetim. Depois da banalização do Mal, já não há jardins, as flores – como os homens – são de plástico.

[1] Baudelaire suicide letter fetches three times estimated price at auction

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anti-spam device *